Show imperdível neste sábado!

15242011_10202110008828463_8571744438856180867_n.jpg

Neste sábado, as 19 horas, no Teatro Violeta Arraes, o compositor caririense Luis Fideles realizará o “Show máquina de fazer forró”, através da parceria do Centro Cultural Banco do Nordeste e Fundação Casa Grande. O evento é gratuito e a bilheteria estará aberta a partir das 14h, no Teatro Violeta Arraes

Luiz Fidélis é de Juazeiro do Norte, compositor e cantor brasileiro já compôs para vários artistas, entre eles: Elba Ramalho, Dominguinhos, Fagner e Quinteto Violado.O músico possui um repertório de mais de 200 canções e cerca de 25 anos de carreira. Luiz Também foi compositor do hino do Icasa e do Guarani de Juazeiro.

Anúncios

Tecnologia Social de Gestão Cultural da Fundação Casa Grande é Apresentada no Seminário Arte e Pensamento

Alemberg Quindins apresentou a Tecnologia Social de Gestão Cultural no Seminário Arte e Pensamento neste dia 21/11, durante a Mostra Sesc Cariri de Culturas.

 

SMLXL

Último dia de Espetáculos da Mostra Sesc na Casa Grande Deixa Saudades e Expectativas para o Ano que Vem!

Confira como foi o dia 21 de novembro de 2016 na Mostra Sesc Cariri de Culturas na Casa Grande, no Teatro Violeta Arraes. Confira mais informações do dia:

Espetáculo : Troca-se Histórias por Brincadeiras (MANHÃ)

Durante a manhã do dia 21 foi apresentado o espetáculo Troca-se Histórias por Brincadeiras do grupo Arretado Produções Artísticas de João Pessoa – PB,  no Teatro Violeta Arraes.

O espetáculo arrancou várias gargalhadas do público através de histórias, brincadeiras e um mundo gigante de fantasias. A interação entre as pessoas presentes e os atores foi bem legal tornando assim o espetáculo bem agradável e gerando comentários bem positivos.

 

Conheça um pouco da história:

“Dengoso, um palhaço que já não tem mais circo , Pitoco seu afilhado, juntos vivem a andar de cidade em cidade, rua a rua, palco a palco, escola por escola, trocando suas brincadeiras por quem queira contar uma história pra eles. Neste trocar de verdades seja ela uma brincadeira, seja uma contação de histórias ou mesmo um pedacinho de chão da sua vida, que a narrativa do espetáculo acontece. Numa construção interativa, dinâmica e lúdica, deixando crianças, jovens e adultos a viverem no mundo da fantasia e refletindo a realidade.” (Grupo Arretado Produções Artísticas)

Confira o depoimento de Mariana Menezes de 07 anos:

“Eu gostei muito, porque foi muito engraçado e as brincadeiras com os palhaços foi bem legal, a parte que mais gostei foi quando o menino caiu no chão e todo mundo achou graça, era pra essa peça voltar no ano que vem de novo”.

Espetáculo : Pequenas Violências (Noite)

 A Cia Stravaganza do Rio de Janeiro – RJ apresentou o espetáculo Pequenas Violências no Teatro Violeta Arraes.

Pequenas violências foi um espetáculo que surpreendeu o público, a entrada no Teatro escuro gerou muita curiosidade, o espetáculo se passou todo no escuro, bem diferente do modo tradicional e os atores utilizavam apenas lanternas para contar cenas cotidianas que acontecem no nosso dia a dia, cenas que são consideradas Pequenas Violências, mas que podem ser maiores do que imaginamos.  Os comentários e as reflexões positivas quanto ao espetáculo não ficaram só no teatro, foram parar nas conversas de várias pessoas.

Conheça um pouco da história:

“O texto parte de um fato corriqueiro e aparentemente sem maior gravidade: um atropelamento no qual não há vitimas fatais. A partir do olhar de diferentes testemunhas desse acidente a trama evolui como um quebra cabeça, onde as peças soltas aos poucos se encaixam, e vão revelando que por detrás desse acontecimento ‘banal’ algo mais terrível está para ocorrer. Os personagens não têm relações diretas entre si, são desconhecidos, passantes, rostos que se cruzam mas que desviam seus olhares uns dos outros.”( Cia Stravaganza )

Confira o depoimento de Filipe Alves de 18 anos:

” Quando eu entrei no teatro todo escuro, realmente fiquei curioso e confesso que achava que não iria me prender tanto a atenção assistindo o espetáculo, porém o clima era de muita tenção, as histórias fragmentadas de pequenas violências me fizeram refletir bastante sobre a sociedade, é incrível ver como a companhia utilizou a tecnologia do escuro e da luz para tratar de um tema tão atual e contemporâneo.

Veja como foi o Segundo dia de Espetáculos da Mostra Sesc 2016!

O dia 20 de novembro de 2016 atendeu 262 pessoas na Mostra Sesc Cariri de Culturas na Casa Grande, no Teatro Violeta Arraes. Confira mais informações do dia:

Espetáculo : Contos do Mar (MANHÃ)

Durante a manhã do dia 20 foi apresentado o espetáculo Contos do Mar da Cia Quatro Manos,  no Teatro Violeta Arraes para o publico de 90 pessoas.

O espetáculo Contos do Mar traz um lindo e mágico cenário, ele conta histórias de rainha, de senhora das águas, bichos do mar e mistérios desvendados pelas aventuras do personagem Andrezinho que vive a aventura. O público viajou em alto mar e aquilo tudo pareceria  um sonho, as palavras que mais definem o espetáculo pelo publico e curiosidade e fantasia.

Conheça um pouco da história:

O mar leva e traz. O mar adormece e acorda com seu canto misterioso, desde a sereia mais cruel até o pirata mais doce. Rio de Janeiro e Montevideo recebem em sua orla o beijo do mesmo mar… Quando os atores da Cia Quatro Manos perceberam que tinham passado as férias de sua infância mergulhando no mesmo mar não tiveram dúvidas: decidiram contar histórias que acontecem dentro dele!

Confira o depoimento de Augusto Diniz de 16 anos:

“O espetáculo contou a história de um menino caçula que recebeu uma ordem para viajar no alto mar arriscando sua vida para conseguir a água do poço encantado da mãe das águas, depois de passar por varias coisas no mar ele encontrou a mãe das águas e pediu a ela para pegar a água e em troca ela pediu para namorar com ele e morar no fundo do mar. A Mostra Sesc é importante porque eu posso me capacitar e apreender a recepcionar as pessoas no Teatro, já que está e minha função”.

Confira as fotos do  espetáculo Contos do Mar

_G7A9626_G7A9612_G7A9608

 _G7A9486_G7A9584_G7A9476

Espetáculo : O Viajante  (Noite)

O espetáculo O Viajante  da Companhia do Outro do Espirito Santo- ES,  se apresentou no Teatro Violeta Arraes com o publico de 172.

Conheça um pouco da história:

O monólogo, interpretado pelo ator Luiz Carlos Cardoso, conta histórias cotidianas de pessoas que um dia passaram pelo caminho de um andarilho. Os seus encontros e desencontros cotidianos são contados pelo ator, que resgata memórias, afetos, perdas, e diversas situações inusitadas que se entrelaçam ao longo da trama. O espetáculo recebeu o prêmio de Melhor Texto e Melhor Cenografia no Festival Nacional de Teatro de Guaçuí do ano passado. Ela também é a única representante do Espírito Santo selecionada para a Mostra SESC Cariri no Ceará deste ano. (G1)

Confira o depoimento de Maria Julia de 19 anos:

” Participar como público da Mostra Sesc é sempre um motivo de alegria, todos os anos eu fico aguardando ansiosa para assistir os espetáculos da noite e da manhã com mina filha.  Sobre o espetáculo de hoje gostei bastante, principalmente da forma que  o roteiro foi construído, e e isso!.”

Confira as fotos do  espetáculo  O Viajante

_G7A9858_G7A9940_G7A9939
 _G7A9861_G7A9911_G7A9886

Saiba Mais Sobre o Primeiro dia de Espetáculos da Mostra Sesc 2016!

No dia 19 de novembro de 2016 foi iniciada a programação de espetáculos  da Mostra Sesc Cariri de Culturas na Casa Grande  com um público de 258 pessoas atendidas no Teatro Violeta Arraes.

Espetáculo : Iara – O Encanto das Águas (MANHÃ)

Durante a manhã foi apresentado o espetáculo Iara – O Encanto das Águas da Cia Lumiato de Brasília – DF,  no Teatro Violeta Arraes para um publico de 98 pessoas.

 O espetáculo Iara – O Encanto das Águas trouxe para o público a magia da arte do teatro de sombras, inovando com cor e tecnologias criativas, as expectativas foram as melhores e o mais interessante e que ao final as crianças puderam ver o material utilizado em cena e dialogar com os artistas.

Conheça um pouco da história:

“Um Índio da aldeia sonha com uma mulher sobrenatural. Ao acordar, procura o sábio Pajé para tentar entender quais são os mistérios dessa mulher, descobrindo assim a história da Iara. O espetáculo busca sensibilizar o público infanto-juvenil sobre os saberes da tradição oral dos povos originários do Brasil. “(Cia Lumiato).

Confira o depoimento de Ana Maria de 12 anos:

“Eu achei o espetáculo muito mágico, parecia que eu estava vendo um desenho animado na televisão, e lindo aqueles movimentos feitos com a luz e a sombra. O que vou levar da Mostra Sesc é muita alegria de ter visto esse espetáculo que para mim será inesquecível”.

Veja o 100 Canal do espetáculo Iara – O Encanto das Águas

https://www.youtube.com/watch?v=OdCOHLg00FY

_G7A8985_G7A8951_G7A9037

 _G7A9067_G7A9022_G7A9082
Espetáculo : Poeira  (Noite)

Durante a Noite foi apresentado o espetáculo Poeira  do grupo Ninho de Teatro da Cidade de Juazeiro do Norte – CE,  no Teatro Violeta Arraes para um publico de 160  pessoas.

“Poeira” fala sobre a cultura da região do Cariri, seus mestres, suas tradições  e sua oralidade, trazendo a importância do repasse cultural. O público gostou da forma de interação proporcionada pelo espetáculo onde as pessoas ficavam bem próximas aos atores e as cenas, também chamou muita a atenção e gerou muitas reflexões positivas a forma em que o tema foi abordado.

As pesquisas surgiram a partir do projeto Memórias de Mestres com o objetivo de que cada ator se aproximasse dos mestres da tradição popular, cada um buscou um mestre para realizar sua pesquisa, fazendo visitas, convivendo e ouvindo suas memórias, o resultado de tudo isso gerou “Poeira”o espetaculo mais novo do grupo Ninho.

Conheça um pouco da história:

Com uma pesquisa cênica inspirada nos mestres da cultura o espetáculo Poeira traz a tradição popular do Cariri com a orientação do Lume Teatro – SP, através de Jesser de Souza e Carlos Simioni , trazendo também identidade híbrida e diversidade cultural da região do Cariri.

Confira o depoimento de Luan Moura de 17 anos:

“O espetáculo de hoje fez alusão  aos mestres e figuras da tradição popular que é passada de geração para geração e  mostra a importância de preservar a identidade cultural dos nossos povos e de nossa região. A Mostra Sesc para mim vem a Nova Olinda como uma forma de escola de teatro e produção, gosto muito de teatro e já fiz alguns espetáculos, então é sempre bom estar apreendendo e convivendo com a arte .

veja o  100 Canal do espetáculo Poeira

https://www.youtube.com/watch?v=ikEizlb_ZJI

_G7A9347_G7A9246_G7A9420

_G7A9285_G7A9348_G7A9300

Fundação Casa Grande Recebe visita da Comitiva do SESC – Fecomércio

A Fundação Casa  Casa Grande Memorial do Homem Kariri  recebeu na manhã deste dia 11 de novembro, uma comitiva do Sesc e Fecomércio. O grupo visitou o Memorial e a Fundação, ao final da visita foram recepcionados no Teatro Violeta Arraes para uma uma palestra com Alemberg Quindins, Diretor Presidente da instituição. Alemberg apresentou o trabalho de sistematização de indicadores desenvolvidos pela Casa Grande, sendo esta a Tecnologia de Gestão Cultural  desenvolvida pela ONG durante a realização de projetos e eventos culturais.

A metodologia baseia-se na organização da produção do evento no campo da formação técnica nas áreas que abrangem o funcionamento do evento: produção, secretaria, fotografia, sonoplastia, iluminação, roadie, rádio entre outros. Os dados são contabilizados através das horas diárias dedicadas as atividades pelas crianças e jovens da Fundação, proporcionando horas práticas de formação integrada na realização do evento.

Para Luiz Gastão Bittencourt, Presidente do Fecomércio a realização da mostra oportuniza não só a realização das ações, mas as possibilidades de troca entre os profissionais do Sesc e da Fundação Casa Grande para o desenvolvimento e aprimoramento das tecnologias de gestão cultural desenvolvidas na instituição.

Alemberg ressalta “a Casa Grande é o jardim de infância da Gestão Cultural”, o que fica claro para aqueles que podem conviver intensos dias de produção com as crianças e jovens da Fundação Casa Grande.

#gastãonacasagrande #mostrasesccarirideculturas #fundacaocasagrande #sesc #sesccariri #mostrasesc #carri #cultura.

 DSC_0040DSC_0099DSC_0068
 DSC_0049_G7A9113DSC_0116

_G7A9212

Crianças e Jovens São Protagonistas na Produção da Mostra Sesc!

A Mostra Sesc Cariri de Culturas 2016 permite a meninada do sertão do Cariri um amplo conhecimento cultural, técnico, artístico, áudio visual em suas diversas formas de linguagens, além de participarem da produção as crianças tem a oportunidade de ter contato com varias pessoas capacitadas em diversas áreas.

 A mostra Sesc Cariri de Culturas na Fundação Casa Grande chega sempre bem vinda através de um universo de possibilidades e incentivo aos sonhos e aos sonhadores.

 Seja bem vida Mostra Sesc!