Circulação da Exposição A CASA em Portugal

Captura de tela 2016-05-31 20.06.30

Desenho Meninos e Meninas da Casa Grande – Por Filipe Alves, 15 anos e Isabel Gomide, 15 anos.

A Gibiteca e a Casa Grande Editora são laboratórios de conteúdo e produção da Fundação Casa Grande e juntos apresentam a exposição “A Casa”, com desenhos e roteiro baseados nas vivências da crianças na Casa Grande, expressando nos seus traços a organização coletiva das crianças para participar das atividades da instituição.

12674476_10200972703116531_1093599626_n

Filipe em sessão de autógrafos em Amadora BD

A exposição esteve em primeira mão no 26º Festival Internacional de Banda Desenhada de Amadora em Portugal, que aconteceu entre os dias 23 de Outubro ao dia 8 de Novembro de 2015, no Fórum Luis Camões. A 26ª Edição do Festival Internacional teve como tema “A Criança na Banda Desenhada”, mostrando a forma como ela tem sido representada na Banda Desenhada ao longo dos tempos, comemorando assim  o centenário das personagens infantis Quim e Manecas da autoria de Stuart Carvalhais. O festival reuniu grandes mestres da literatura em quadrinhos e é considerado um dos mais importantes eventos dedicados à 9ª Arte, a nível europeu.

Durante o Festival  de Banda Desenhada Amadora BD, o desenhista Filipe Alves e a roteirista Tainara Meneses autografaram gibis produzidos pela Casa Grande Editora.

13324292_1035406209860607_168211504_o

Exposição A CASA em Beja, na Galeria dos Escudeiros

Continuando sua circulação por Portugal a exposição “A Casa” chega a Beja, integrando a programação do XII Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja que reúne 22 exposições e ainda apresentações de projetos, sessões de autógrafos, cinema, concertos desenhados, lançamento de livros e workshops.

13330266_1035414506526444_2078742855_n

Alemberg participando do Festival em Beja

Alemberg Quindins esteve participando da programação do Festival e no dia 29 de Maio, na Galeria dos Escudeiros para uma conversa sobre produção literária em quadrinhos e protagonismo infanto-juvenil. A exposição ficará exposta de 27 de Maio a 12 de Junho de 2016 na Galeria dos Escudeiros, Centro Histórico de Beja.

 

Links relacionados:

Exposição A Casa

http://acasaexposicao.wix.com/acasa

 

XII Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja

http://www.festivalbdbeja.bedeteca.net/index.html

 

26º Festival Internacional de Banda Desenhada de Amadora

http://www.amadorabd.com/

Anúncios

Casa Grande comemora 23 anos

9eb216_56cab9950a164fc69b8fc10f78561949A Renovação do Sagrado Coração de Jesus é o ato de renovar, abrir as portas da casa para o novo, festejar a existência, dia de comemorar mais um ano de morada naquele lugar.

A renovação na Fundação Casa Grande acontece todo ano, como uma data sagrada, momento de confraternização entre as famílias e amigos da Casa. Este costume foi preservado pelo casal de fundadores Alemberg Quindins e Rosiane Limaverde, que nesta data também comemoram seus anos de vida e trabalho dedicados a Fundação Casa Grande.

10363511_934894609856040_1048089707169463933_n

Rosiane e Alemberg

O dia da Renovação é escolhido para  renovar a ligação com o Sagrado Coração de Jesus, costume dos sertanejos da nossa região. Geralmente é uma data especial para os moradores da Casa. Cantos, rezas e pedidos com devoção singularizam a festa. Em toda Casa do sertão a Casa é tem suas cores avivadas nas paredes e flores para o santo. Na Casa Grande não é diferente, a festa começa cedo, com a pintura da Fundação. Na sala de entrada da Casa, a parede representa um santuário. Imagens retratam o Sagrado, transmitem a proteção precisa pra quem mora ali. Anualmente ocorre o ritual de enfeitar a sala principal com flores artesanais de papel, que colorem o altar dos santos.

 Em 1992, as portas da Casa Grande foram abertas pelas palavras de Antônio Maranhão recitando um poema de Olavo Bilac…

…“Aqui deves entrar como num templo. Com a alma pura e o coração sem susto. Aqui recebe da virtude um exemplo, aqui aprende a ser meigo e justo.[…]”

A partir daquele dia a Casa deixou de ser vista como abandonada e passou a ser habitada pela comunidade e principalmente pelas crianças, que logo tomaram de conta do lugar, dando cor, vida  e alegria a casa.

Em 19 de Dezembro de 2015, vamos festejar a existência de uma Casa que abriga o sonho de muitos meninos e meninas do sertão do cariri.

Conheça o blog da renovação:

http://renovacaocasagrande.wix.com/renovacao

 

Minimamúsica

A Galeria de Arte da Fundação Casa Grande “Gastão Bittencourt” recebe uma nova exposição em parceria com o SESC.

“O Minimúsica é resultado do encontro de duas paixões, música e design. Também é resultado da vontade de expressar graficamente os autores e intérpretes das canções que me fazem companhia todos os dias.

Você verá aqui alguns dos cantores e cantoras brasileiros cujas canções fazem parte do meu cotidiano como fonte de inspiração, despertando sensações e acionando lembranças. Suas composições são como trilha sonora para os episódios da vida.

Para tentar traduzir esses artistas em traços, o estilo visual escolhido foi o designer minimalista, que consiste na premissa de que menos é mais. A proposta é desenhar somente elementos essenciais para a identificação da referência. Cada elemento dos desenhos é carregado de representatividade e cada traço evidência o meu olhar, o meu ouvir e sentir sobre os cantores retratados.” – Texto de release feito pela autora da exposição Adriana Nascimento.

IMG_1758
IMG_1761IMG_1760

O Movimento começa!

Iniciamos a Mostra Sesc Cariri de Culturas 2015 com muito entusiamo, eis que começa mais um ano de alegria, espetáculos e muita ansiedade para receber o grande fluxo de pessoas aqui na Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri!

IMG_5882

Foto – Augusto Diniz

A data é dia 14 de Novembro, logo pela manhã a equipe chegou e organizou a Casa; tudo pronto para quando o público chegasse no intuito de assistir o espetáculo infantil: “O Gigante Egoísta” do grupo “Artesanal Companhia de Teatro”.

“Eu achei interessante, pois nos ensina a não ser egoísta com as nossas coisas. O espetáculo ‘o Gigante Egoísta’ narra a história de um homem que não queria dividir suas coisas e nem deixar as crianças brincarem no seu jardim “.- Opina Thalles Rodrigues, um menino da Casa Grande de 12 anos.

IMG_5962

Foto – Augusto Diniz

IMG_6049

Foto – Augusto Diniz

 A tarde foi bastante produtiva na espera do espetáculo da noite, “A Donzela Guerreira” da “Companhia Mundo Rodá”, construído com cenas em que o Cavalo Marinho, dança tradicional de Pernambuco, estava presente.

“Ele era um espetáculo corporal, Sonoro e Visual, composto por esses três pilares… Durante o espetáculo iam se contextualizando esses três elementos em cena.” – Diz o espectador Jenfte Alencar de 22 anos.

IMG_6299

Foto – Renato Zerlotti

IMG_6374

Foto – Renato Zerlotti

Texto – Tainara Meneses

Fundação Casa Grande recebe a 17º Mostra Sesc Cariri de Culturas!

Cartaz MostraA Fundação Casa Grande através do Teatro Violeta Arraes – Engenho de Artes Cênicas recebe a 17° Mostra Sesc Cariri de Culturas 2015. A mostra dispõe de uma exposição e programação de espetáculos para o público infantil e adulto.Uma parceria do Sesc e da Fundação Casa Grande.

“A Mostra Sesc Cariri de Culturas é realizada pelo Sesc – Serviço Social do Comércio, no Ceará, através de edital público. Consiste em um dos maiores eventos de cultura do Brasil e acontece durante seis dias ininterruptos, com integração das linguagens artísticas e culturais nas mais diferenciadas áreas da criação e produção, promovendo o intercâmbio, o desenvolvimento e a cooperação entre artistas.” (mostracariri,sesc-ce)

Casa Grande no II Seminário a Criança e sua Participação na Cidade

image

A Biblioteca Parque Estadual, no Centro do Rio de Janeiro , terá uma programação especial nesta sexta-feira e sábado. O local será palco do  II Seminário “A Criança e sua participação na cidade”, do Projeto Criança Pequena em Foco, realizado pelo Centro de Criação de Imagem Popular-Cecip. O objetivo é reunir crianças e adultos para discutir a participação infantil na construção de uma cidade participativa, democrática e cidadã.

image

A programação é extensa e conta com oficinas, debates, apresentações artísticas e contação de histórias. Além disso, serão formadas rodas de conversa com a criançada para saber o que os pequenos têm a dizer sobre a cidade. Numa delas contaremos com a participação de Yasmin Pereira, Gerente do Me moral do Homem Kariri na Fundação Casa Grande.

Na sexta, a abertura dos portões será às 9h30m; e no sábado, às 13h. A entrada é gratuita.

Fundação Casa Grande no programa Esquenta com Regina Casé

Espedito Seleiro, Regina Casé e Alemberg Quindins no ESQUENTA

Espedito Seleiro, Regina Casé e Alemberg Quindins no ESQUENTA

A Fundação Casa Grande esteve hoje participando do Programa Esquenta. Foi apresentada a trajetória da instituição, desde a visita de Regina Casé, em 1997. De lá, para cá, muita coisa vem mudando para melhor e mais crianças sendo atendidas e jovens transformando suas vidas, relatou Alemberg.

Além do presidente da Fundação Casa Grande, Alemberg Quindins, estavam lá Aécio Diniz, membro do Programa de Empreendedores Sociais da Fundação, e as crianças Yasmin, Augusto, Thalles, Thiago e Izaquiel, integrantes da Banda de Lata “Os Cabinha”, e ainda Espedito Seleiro, Raimundo Fagner, Luisa Arraes e George Sauma, Amigos da Casa Grande.

Aécio Diniz

Aécio Diniz

Aécio Diniz, músico, produtor cultural, membro do Programa de Empreendedorismo Social da Fundação Casa Grande e que chegou na ONG ainda criança disse:  “Alemberg é um grande cultivador de sonhos. A Fundação Casa Grande é um sonho dele de criança e eu sou muito feliz em fazer parte desse sonho.”

Os cabinha no Esquenta

Os Cabinha no Esquent

“Os Cabinha” deram show, levando animação ao público com a música Banda de Lata. Yasmin, contrabaixista e Augusto, baterista, falaram ainda do dia a dia na Fundação, os programas de rádio na Casa Grande Fm, os filmes de arte que assistem no Cineclube e os materiais que produzem na Tv Casa Grande.

Luisa Arraes

Luisa Arraes

Luisa Arraes contou para todos como é a Fundação Casa Grande: “Lá é um lugar com portas e janelas sempre abertas, a gente chega e logo é recebido por uma criança, por que lá eles fazem tudo”.

Espedito Seleiro

Espedito Seleiro

O Cenário do programa estava completamente inspirado na arte de Espedito Seleiro, o mestre do artesanato em couro do Brasil. Ele contou como aprendeu a arte do couro com o seu pai e ainda sobre o famoso par de sandálias encomendadas por Lampião ao seu pai.